A baía de Ieranto

O nome Ieranto deriva do grego Ieros, ou seja, "sagrado": aqui perto, em Punta Campanella, surgia o templo da deusa Atenas e aqui estavam as Sereias que enfeitiçaram Ulisses descritas por Homero.

Hoje ainda é possível respirar essa atmosfera sagrada caminhando sobre as ondas de rochas, em frente ao panorama que se abre de repente para o azul do mar.

Antes de percorrer o caminho, você deve saber:
Cidade de partida: Nerano.
Cidade de chegada: Nerano.
Duração: aproximadamente 4 horas.
Quilômetros: 6 km.
Grau de dificuldade: médio.

Como chegar na Baía de Ieranto

A trilha que vai até a Baía de Ieranto parte de Nerano, uma cidadezinha que faz parte de Massa Lubrense, uma pequena e deliciosa aldeia de pescadores da Itália.
Você pode chegar até Nerano com os ônibus da companhia Sita, que partem da estação de Sorrento. Da praça da cidade, desça a rua principal por algumas dezenas de metros e você encontrará a entrada da trilha à direita.

A trilha possui um quilômetro de trecho plano, passando em frente a Vila Rosa onde viveu o escritor Norman Douglas. Dali em diante as oliveiras ficam cada vez mais raras e dão espaço a vegetação selvagem do Mediterrâneo.

Após um trecho em descida entre os muros, surge ao improviso uma vista para Capri, da onde você poderá notar claramente os Faraglioni, Punta Campanella, o perfil da Costa Amalfitana e as ilhotas de Li Galli.

Ao longo do caminho você notará os restos dos fornos de cimento: no início do século XX a Baía era de propriedade da Italsider que a transformou em uma mineira para extração da cal.

A praia de Ieranto

Ao longo do percurso você encontrará uma bifurcação: de um lado você sobe até o Mont'Alto e Punta Penna, do outro você desce até a pequena praia de pedrinhas da Baía de Ieranto. Um lugar paradisíaco onde curtir o mar de frente para os Faraglioni.

Se você não está com vontade de enfrentar esta longa caminhada, mas ao mesmo tempo quer curtir um banho de mar nas águas limpas de Ieranto, você pode ir até a praia de Nerano e de lá pegar um barco da Cooperativa Sant'Andrea, a única que possui autorização para entrar na Reserva Marinha de Punta Campanella.

O nosso conselho
Na volta de Ieranto vale a pena parar no Bar Glocal para um drink refrescante ou um sorvete: não é um simples bar, mas uma pequena galeria de arte totalmente dedicada a Ieranto. Aproveite para bater papo com o proprietário: ele terá prazer em contar as lendas famosas sobre a Baía.