Passeios no mar na Costa Amalfitana

Não dá para dizer que você conhece a Costa Amalfitana se não tiver a oportunidade de observá-la de um outro ponto de vista: o ponto de vista do mar, com o nariz para o alto olhando para as casas que se equilibram na costa rochosa enquanto você fica pensando como foi que conseguiram construí-las ali no topo.

Com um passeio no mar na Costa Amalfitana é possível observar de perto os diferentes tons do mar da Costa Amalfitana: do verde transparente, próximo a beira mar, até o azul índigo do mar profundo... e é possível experimentar a delícia de um mergulho inesquecível longe de tudo e de todos...

Onde alugar um barco?

Em todas as cidades da Costa Amalfitana é possível alugar um barco com ou sem marinheiro: nós sugerimos que você opte por um marinheiro se você não tiver muita experiência.

O mar da Costa Amalfitana pode ser particularmente perigoso: está exposto aos ventos vindos do sul e faltam lugares seguros para se proteger em caso de mal tempo. Além disso, durante o verão existe uma super movimentação de embarcações guiadas frequentemente por pessoas com pouca experiência, o que requer atenção em dobro!

Se você viaja com um budget baixo também é possível experimentar os prazeres de uma mini-excursão no mar: das praias dos principais centros da Costa Amalfitana partem os barcos que fornecem uma espécie de serviço de "taxi no mar" para as praias acessíveis apenas via mar. Por poucos euros te levam até uma praia nos arredores e depois podem vir te buscar no horário que você escoher.

Mas a beleza selvagem da Costa Amalfitana merece certamente um tour de Vietri sul Mare até Punta Campanella fazendo depois uma etapa até Capri: com o mar calma e um pequeno barco é possível viver a experiência imperdível de passar embaixo do arco dos Faraglioni.

Um passeio de barco nas Ilhas de Li Galli

Em frente a Positano existem 3 pequenas ilhas chamadas de Li Galli, onde diz a lenda que as Sereias tentaram enfeitiçar Ulisses... Na ilha maior encontra-se a casa onde Rudolf Nureyev passou os últimos anos da sua vida.

Não é possível desembarcar nas ilhas, porque elas são privadas, mas é sempre interessante imaginar Ulisses navegando ao redor das ilhas e tentar de dar uma olhadinha ao interno da casa construída na ilha maior, projetada pelo arquiteto francês Le Corbusier.

Informações úteis para quem chega de barco

  • Positano: não existe porto, apenas um pequeno píer reservado para o embarque e desembarque. É possível atracar a cerca 300 metros da costa. O fundo é de areia.
  • Amalfi: o porto de Amalfi possui uma capacidade para cerca 300 lugares, algum outro lugar para atracar pode ser fornecido por plataformas móveis ou bóias. Durante o verão, no entanto, é difícil encontrar lugar. O fundo é um mixto de areia e lama.
  • Cetara: existe um pequeno píer com apenas 15 lugares, o resto do porto é reservado para os pescadores. É possível atracar no mar.

Pequenos estacionamentos de barcos turísticos nos arredores se encontram em Sorrento (Maria Piccola), Piano di Sorrento (Marina di Cassano) e Vico Equense (Seiano).

Em Salerno existe um grande porto turístico: a capacidade aqui é de aproximadamente 2 mil barcos e oferece todos os serviços necessários. Mais próximo a península sorrentina está o porto turístico de Marina di Stabia, em Castellammare di Stabia.

Links e telefones úteis

Nello

(Positano.com team)