Punta Campanella

Quando a cadeia dos Montes Lattari desce docemente em direção ao mar, começa o território chamado de Punta Campanella, onde a Península Sorrentina se une a Costa Amalfitana, pedaço de terra que se alonga no Mediterrâneo e que parece querer se unir a Ilha de Capri: um cenário maravilhoso na Itália.

Vale a pena saber antes de partir:
Ponto de partida: Termini (cidadezinha que faz parte de Massa Lubrense).
Ponto de chegada : Termini.
Tempo de duração: 2 horas (ida e volta).
Quilômetros: 4 km.
Grau de dificuldade: fácil.

Como chegar em Punta Campanella

A trilha que leva até Punta Campanella parte de Termini: o próprio nome indica que se trata do último burgo habitado da Península Sorrentina, na Itália.

Os ônibus que chegam em Termini partem da estação de Sorrento. Da pequena praça da cidade, de frente para a ilha de Capri, você encontrará cartazes que indicam a entrada da trilha.

A trilha é fácil, plana e está entre o mar e as oliveiras e pequenas hortas.
A uma certa altura, você encontrará uma bifurcação: a estrada que sobe leva até o alto do Monte San Costanzo, a outra até Punta Campanella onde encontra-se uma torre sarracena e os restos do Santuário da deusa Minerva.

Um lugar entre a história e as lendas

Punta Campanella é um território de histórias e lendas: de acordo com a Odisséia, aqui Ulisses encontrou as Sirenas feiticeiras, os Gregos construíram um templo a deusa Atenas que depois foi convertido pelos Romanos em lugar de culto da deusa Minerva.

Em 1300 aqui foi construída uma torre que tinha o objetivo de vigiar e lançar o alarme em caso de invasões dos Sarracenos, que chegavam via mar.
No alto da torre foi colocado um Sino (em italiano "Campanella") que tocava em caso de emergência e avisava as outras torres posicionadas ao longo do litoral.

No planalto de Punta Campanella você encontrará uma fenda na rocha da onde tem início uma árdua escadaria que leva até as cavernas e desfiladeiros ao nível do mar. Aqui costumavam ancorar os navios carregados de oferendas para a deusa Minerva.

Olhando para cima, em direção a parede rochosa, com um pouco de atenção você poderá notar uma escrita em Osco gravada na pedra que indicava o ponto de chegada do Santuário da Deusa Minerva.

Uma alternativa para os mais aventureiros
Se você tem boas pernas e não tem medo de trilhas na montanha, você pode continuar o passeio pela trilha que atravessa uma difícil subida que vai até o topo do Monte San Costanzo.
Siga os sinais pintados na rocha em branco e vermelho (trilha 00, alta via dei Monti Lattari) até chegar a 485 metros sobre o nível do mar.
Lá no alto você encontrará a Capela de San Costanzo: uma vista que vai das colinas de Massa Lubrense até o Faito. Daqui você poderá descer confortavelmente até Termine seguindo uma antiga estrada de mulas.