Sant'Agata e Nerano

Como chegar em Sant'Agata sui Due Golfi

O burgo de Sant'Agata fica na extrema ponta da Costa Amalfitana, na Itália: um lugar acessível seja via carro como com os ônibus da companhia Sita via Nastro Azzurro, que te leva de Sorrento até Sant'Agata sui Due Golfi, ou via Nastro Verde, que parte de Massa Lubrense.
De lá, você poderá descer até o burgo marítimo de Nerano, sempre usando os ônibus Sita.

Para mais informações: Como chegar na Costa Amalfitana

Um panorama inesquecível, em um dos lugares mais privilegiados da Costa Amalfitana.
Essa é a característica principal de Sant'Agata sui due Golfi, uma pequena cidadezinha que surge no alto de uma colina, no centro dos Golfos de Nápoles e Salerno.

Como se não bastasse, em frente estão a Ilha de Capri e as ilhotas de Li Galli, dois lugares que são o cartão postal da Itália.

Algumas antigas necrópoles indicam a presença de Gregos e Etruscos no território de Sant'Agata, a cidade que ficou famosa no século XIX graças a sua presença no circuito do Grand Tour.

Sant'Agata sui Due Golfi, a cidade entre os dois mares

Itália: de um lado está o Golfo de Nápoles com o Vesúvio, do outro aquele de Salerno com as ilhas de Galli e a Costa Amalfitana. Em frente, Capri, ali perto e azul.

Para quem parte da praça central de Sant'Agata, basta um simples passeio para chegar no Monastério do Deserto, construído em cima de uma colina de mesmo nome que pertencia aos frades Carmelitani em 1679.
Este lugar encantou viajantes como Stendhal e Goethe, graças a sua posição privilegiada, com um panorama inesquecível para os golfos de Nápoles e Salerno.

Vale a pena visitar também a Igreja de Santa Maria delle Grazie, uma das mais interessantes do terriório, que conserva um precioso altar de mármore e madrepérola.

Uma cidade para você lamber os beiços

Um dos maravilhosos tesouros da cidadezinha de Sant'Agata sui Due Golfi é certamente a gastronomia.
Este é o lugar onde encontra-se Alfonso Iaccarino e o seu restaurante estreladíssimo "Don Alfonso 1890", em Corso Sant'Agata 11.
Quem prefere um restaurante mais simples, pode optar pela deliciosa comida caseira do restaurante "Lo Stuzzichino", uma tratoria "slow food" em frente ao Don Alfonso.

A área de Sant'Agata evidentemente possui uma tradição gastronômica graças aos ingredientes de qualidade como os tomates de Sant'Anna, os limões "femminiello ovale" da Costa Amalfitana, os queijos dos Montes Lattari.
Um passeio entre os produtores de queijos e fazendas nos arredores é uma boa pedida para os gourmets de plantão.

Nerano, relax no mar

Próximo a Sant'Agata surge o burgo marítimo de Nerano, um outro pedaço de paraíso encravado na Costa Amalfitana e amado por suas grutas no mar, o charmoso centro e os restaurantes típicos.

O nome Nerano parece ser uma referência a uma casa de Nerone, que provavelmente foi construída aqui para o relax do imperador. Certamente as principais atrações dessas duas cidades, Nerano e Sant'Agata, são a proximidade às praias e enseadas, verdadeiros tesouros da Costa Amalfitana.

A praia de Nerano fica em frente a baía de Marina del Cantone, onde encontram-se diversas praias com pedrinhas, rochas no fundo do mar e água transparente, uma das metas preferidas de quem adora mergulho e sub.

Esta área faz parte da Reserva Marinha de Punta Campanella.

Do lado direito da praia de Cantone existe uma trilha panorâmica que leva até a praia de Recommone, essa também coberta por pedras brancas.

Un prato que você não esquecerá

Não dá para visitar a Costa Amalfitana sem experimentar o spaghetti alla Nerano: preparados com abobrinhas, provolone del monaco e manjericão, uma delícia difícil de esquecer...

Praticamente é preparado em todos os restaurantes de Marina del cantone, mas a "receita original" foi inventada no Mariagrazia, o restaurante que criou essa receita amadíssima também pelo famoso comediante napolitano Totó.

As trilhas entre Sant'Agata e Nerano

Partindo do caminho que parte da praça de Nerano é possível chegar também até a Baía de Ieranto, hoje de propriedade da F.A.I. (Fondo Ambiente Italiano) que a protege como única baía intacta da península de Sorrento.
Aqui foram encontrados restos arqueológicos que documentam um passado antiquíssimo que fala de um templos das sereias, que em seguida foi dedicado a deusa Atenas.

A trilha que leva até a Baía de Ieranto parte de Nerano e, em pouco mais de uma hora de caminhada, leva até a pequena enseada de frente para os Faraglioni de Capri.

O nosso conselho

Se você não está no espírito de fazer uma longa caminhada até Ieranto (e especialmente encarar a dura subida na volta), você pode optar pelas pequenas embarcações da cooperativa Sant'Antonio (+39-0818081638) que oferece um serviço de táxi no mar ao longo da Costa Amalfitana.

Partindo da cidade de Sant'Agata sui Due Golfi é possível chegar até a cidadezinha de Torca e de lá, pegando a via Pedara, descer uma longa trilha com 700 degraus em direção ao Fiorde de Crapolla.

Ao longo do passeio, você encontrará a Capela de San Pietro, construída sobre os restos de uma importante abadia do século XI.

A descida não é muito difícil, embora seja longa (cerca 45 minutos); já a subida é mais complicada: melhor retornar com o ar fresco do entardecer. De qualquer modo, o exercício vale a pena, já que você encontrará um lugar mágico que parece ter parado no tempo.